Design Com Bolachas

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Desenvolvimento Web no Eee PC

Eu nunca gostei de notebooks, acho que eles são caros demais para o pouco que fazem e também são grandes/pesados/frágeis demais para serem chamados de móveis. Mas, eu precisava de um, então uma escolha tinha que ser feita.

Escolhi o Eee PC 900, da ASUS, porque ele não é caro, ou grande, ou pesado, ou frágil.

Então, acho que foi por isso que eles tiveram que inventar um novo nome (netbook) para dispositivos como este.

Antes que vocês me chamem de louco por fazer todo meu trabalho no Eee, deixem-me dizer-lhes que eu tenho um monitor muito maior em casa.

Pequeno como ele é, até agora o Eee atendeu e até passou das minhas necessidades como desenvolvedor web. Eis o porquê:

O LCD de 8,9 polegadas tem uma resolução wide-screen de 1024x600 e dpi de 133,3. Isto quer dizer que a maioria dos websites cabem bem nela, já que a maioria das pessoas que ainda fazem layouts de largura fixa otimizam para 800 ou 1024 de resolução horizontal, e que os textos também são de fácil leitura.

O teclado é pequeno o suficiente para ser ultra-portátil e ainda é (pelo menos para mim) grande o suficiente para ser bastante confortável quando digitando. De fato, custou pouco menos de uma hora para acostumar-me a ele!

O processador Celeron M 353 Ultra-Low-Voltage (900 Mhz), junto com 1 GB de memória DDR2 e o adaptador de vídeo integrado GMA da Intel (chipset 915 GM), faz com que ele seja mais do que rápido o bastante para rodar meu ambiente de desenvolvimento LAMP junto com um par de navegadores abertos e mais (Amarok, Kate, Krita, BrOffice, Inkscape, Gimp etc.). O adaptador de vídeo integrado até roda os efeitos de desktop do KDE4 bem suavemente!

Os dispositivos SSD (de 4 GB e 16 GB respectivamente) têm mais espaço do que preciso para trabalhar. Instalei o Kubuntu 8.10 junto com todas as aplicações que eu queria no SSD mais rápido de 4 GB e ainda tenho quase 400 MB de sobra. O SSD secundário de 16 GB ainda tem mais de 10 GB livres mesmo depois que copiei todos os meus arquivos de trabalho e parte dos meus arquivos pessoais.

As conexões Wi-Fi e Ethernet são excelentes. Também usei um modem 3G USB (HUAWEI E156) por longos períodos sem problemas.

Finalmente, mas não menos importante, comprei o meu com uma bateria de 5800 mAh que rende, geralmente, quase três horas desligada da tomada.

Levado tudo isto em conta, estou bastante satisfeito com ele e acho que estarei usando-o por um bom tempo.

Marcadores: ,

6 Comentários:

  • Às 3 de abril de 2009 22:19 , OpenID diogk disse...

    Realmente são bem uteis esses netbooks para trabalhar fora, da para fazer bastante com eles e são realmente portáteis. Também usei bastante o Mobo para isso.

     
  • Às 4 de abril de 2009 00:06 , Blogger Thiago disse...

    Mobo é o netbook da Positivo, né? Como foi sua experiência com ele?

     
  • Às 5 de abril de 2009 12:00 , OpenID Mayron Cachina disse...

    O EEPC na minha mão n ia durar nem 6 meses... o meu hpzinho já está quase indo pra o espaço com 1 ano... eles n prestam para programar :D ainda mais que vc aperta 2 tenhas com o mesmo dedo quando vai digitar... eu pensei em comprar um tb, mais antes tinha que fazer esse teste... com linux ele eh fantastico mesmo... instalei o windows só pra ver funcionando, eu passei mais de 4h tentando instalar de dois de muito sofrimento consegui...

     
  • Às 5 de abril de 2009 17:06 , Blogger Thiago disse...

    Eu discordo e, como eu disse neste post, levei menos de uma hora pra acostumar-me ao danado.

    É claro que meus dedos podem ser menores que o seu, ou pode ser porque também sou músico e tenho mais mira com a ponta dos dedos, ou...

     
  • Às 5 de abril de 2009 20:08 , Blogger Matheus Andrade disse...

    Este final de semana fiquei namorando um Mobo...

    realmente acho que eles são muito bons pela fato da portabilidade (são menores que os notebooks, por isso mais seguro e prático de andar).

    Levar em uma reunião com um cliente para apresentar detalhes e o desenvolvimento do projeto seria bem legal com ele!!!

    Está na minha lista de futuras aquisições, mas vou esperar até o final do ano e creio que as configurações tbm darão uma bela melhorada!!!

     
  • Às 5 de abril de 2009 22:32 , Blogger Thiago disse...

    Bom Matheus, na minha opinião o Mobo (seja qual for o modelo) é uma má opção. A Positivo faz computadores para o "povão", muita quantidade, muito marketing, muita cópia e pouca (as vezes nenhuma) qualidade.

    Se você não gostar de nenhum modelo de Eee PC, procure os netbooks da HP, MSI e Acer, nesta ordem.

    Repare também que netbook com HD tradicional não é tão portável assim pois é tão frágil quanto um notebook, acaba sendo mais negócio comprar um note mesmo.

    De qualquer forma, desejo-lhe boas compras no final do ano!

     

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial